Máquina do Tempo

sexta-feira, março 31

Acaso


Coincidências? Banalidades? Loucuras? Verdades? Destinos? Acasos?
Por acaso, não foi por acaso, nada é por acaso, nada...
A vida é uma peça de teatro em que combinámos todo o guião e as contracenas?
A vida é uma peça de teatro em que podemos repetir sempre que nos enganarmos no guião? Ou, a Vida é um dom que nos foi concedido com uma missão específica a cumprir "enfeitada" de outros dons?.......
Temos tanto para partilhar, e eu ainda não vos disse nada...


"Cada um que passa em nossa vida,passa sozinho,
pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa sós.
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso. "

(Antoine de Saint-Exupéry)

5 Comments:

Blogger Armando Moreira said...

Nada é por acaso Teresa,e a vida está cheia de estranhas coicidencias ou não?...é um escelente tema para a próxima tertúlia.
Parabéns pelo post está cheio de nada é por acaso...

Um beijinho Amoreira

3/31/2006 9:07 da manhã  
Blogger LRocha said...

Sim Teresa, não há acaso, tudo acontece por força do nosso livre arbítrio - grande dádiva do Universo! Aprisionados na matéria, muitas vezes não percebemos porque "isto ou aquilo" aconteceu, nem percebemos que fomos nós que em cada momento assim o decidimos. A imagem do teatro é de facto a melhor para compreendermos a vida. Um actor desempenha vários personagens, mas é sempre o mesmo actor. No universo passa-se o mesmo, a alma é sempre a mesma (...vida eterna...) mas desempenha diversos personagens...o resto fica para a tertúlia à volta do chá verde!

3/31/2006 11:39 da manhã  
Blogger Teresa Rebelo said...

Pois é Armando, está cheio de "nada"
propositadamente...(sorriso)não tem lá nada para quem não nasceu para o entender...O segredo, fica entre outras músicas, outras telas,outros chás...e só para quem o conseguir ver...
Obrigado aos dois,Armando e Luís, eu sabia perfeitamente quem o comentaria.
Um Abraço
Teresa

3/31/2006 2:04 da tarde  
Blogger Poesia Portuguesa said...

2...Ou, a Vida é um dom que nos foi concedido com uma missão específica a cumprir "enfeitada" de outros dons?......."

... acredito que sim...

Grata pela partilha.

Bj ;)

3/31/2006 2:25 da tarde  
Blogger MDeus said...

Teresa só agora tive um tempinho para te dizer que o teu texto está muito bonito e já conhecemos este tema cheio de nadas e acasos, mas na nova tertúlia do chá verde vamos continuar a conversar sobre esta quantidade de nada e acasos.
Beijinhos.

3/31/2006 2:59 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home